INTRODUÇÃO


A UNISOES trabalha pela UNIÃO, como base da unidade espiritual. As diferenças entre as religiões e instituições espiritualistas são apenas superficiais no relacionamento humano, são diferentes caminhos para o progresso espiritual.


O que conta são os pontos em comum. E quando unidas, através dessa compreensão e do desejo sincero de servir, encontram uma base estável para a unidade espiritual e dedicação ao bem comum, supra-institucionalmente.

O QUE É UNISOES?
Um movimento de instituições e pessoas ligadas a atividades de cunho espiritual, religioso, filosófico e científico.

Unidade

ONDE SURGIU E O QUE OBJETIVA?

Surgiu em Salvador, Bahia, em junho de 1989, expandindo-se para outras cidades do Brasil. Objetiva despertar consciências para a realidade da UNIDADE NA DIVERSIDADE e promove atividades que levem pessoas e instituições à UNIÃO, independente de crença ou dogma. Buscar entender, respeitar e divulgar os ideais comuns de cada instituição, quando alicerçados na realidade espiritual da vida e nos princípios de unidade, paz, amor e fraternidade.

COMO FUNCIONA A UNISOES?

Através de um COLEGIADO que é composto por representantes das instituições, que por livre vontade apóiam os ideais da UNISOES e a ela se integram como instituições participantes. O COLEGIADO reúne-se mensalmente, na sede de uma das instituições participantes. A agenda inclui meditação de abertura e outra de encerramento, uma reflexão sobre uma virtude humana previamente escolhida, focalizando, ainda, assuntos diversos.

Engrenagem

A UNIÃO E A VIVÊNCIA DA UNIDADE NA DIVERSIDADE


A UNIÃO que a UNISOES proclama e vivencia é a da FAMÍLIA GLOBAL. As diferenças de raça, sexo, cultura, crença e ambiente enriquecem a diversidade externa das pessoas e instituições. Os laços da UNIÃO abrem caminhos para harmonizar a humanidade. Como as diferentes flores de um jardim, em cor e perfume, mas iluminadas por um mesmo sol, e obtendo seu sustento de um mesmo solo, mostram beleza e harmonia na diversidade com que a natureza as criou. Não há confronto, nem inveja entre elas. Sua união independe de suas características particulares. E o jardim é sempre mais belo quanto mais diversificadas forem as flores que o compõe.

Assim deveria ser também com o jardim da humanidade.